ACRE.GOV.BR

Obra da Orla do Quinze recebe insumos para serviços de estabilização da encosta do rio

Por: Felipe Hid

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Obras Públicas (Seop), trabalha a todo vapor nas obras de urbanização da Orla do Quinze, no Segundo Distrito de Rio Branco, às margens do Rio Acre.

Nesta quinta-feira, 30, chegaram os insumos que serão utilizados na implantação do colchacreto e bolsacreto, que têm como objetivo a estabilização da encosta para contenção das margens, devido ao avanço do rio.

Insumos chegam à Orla do Quinze para mais uma etapa da obra de urbanização fluvial. Foto: Luy Andriel/Seop

A equipe de engenharia da Seop acompanha diariamente a obra no Bulevar Augusto Monteiro. “A inspeção é contínua, para que possamos assegurar celeridade e eficiência a esses serviços. Neste momento, são executados serviços de terraplanagem, preparando o terreno para recebimento do colchacreto e do bolsacreto”, afirma o fiscal da obra, Ronaldo Matos.

Obra na Orla do Quinze promove a continuidade do bairro, buscando corrigir problemas que o Bulevar Augusto Monteiro atravessa ao longo dos anos. Foto: Luy Andriel/Seop

Para garantir a estabilidade da encosta no período de inverno, a obra de urbanização segue avançando em dois pontos. O primeiro em frente ao Mercado do Quinze e o segundo próximo à Escola Dr. Carlos Vasconcelos.

Obra gera trabalho e renda para centenas de operários da construção civil. Foto: Luy Andriel/Seop

Durante todo o processo, as obras gerarão mais de 200 postos de trabalho diretos, fortalecendo a economia do estado e beneficiando toda a população de Rio Branco.

É o caso de Mauro Bezerra, um dos operários que está desde o início dos serviços. “Está sendo muito importante e um prazer imenso trabalhar numa obra deste tamanho. Vem ajudando também no sustento da minha família”, conta.

Sobre a Orla do Quinze

Com 372 metros de extensão, a Orla do Quinze abrange a Rua Dezesseis de Outubro e Bulevar Augusto Monteiro, até a curva do Rio Acre, valorizando a região. No local, está prevista também a construção do Museu Tecnológico, quatro quiosques, duas praças da saudade, 42 bancos e três paradas de ônibus.

Projeção gráfica da futura Orla do Quinze. Foto: Ilustração/Seop

A obra estruturante é fruto do convênio n° 905179/2020, entre o governo do Acre e o governo federal. Os investimentos são provenientes de recursos próprios do Estado, no valor de aproximadamente R$ 4 milhões, e de emenda parlamentar da então deputada federal Vanda Milani, de R$ 17 milhões.

Skip to content